12 de outubro de 2017

Especial: Notas no MyAnimeList dos animes da temporada de Verão 2017

Contrariando até mesmo as minhas expectativas pois nem lembrava mais de sua exibição, a segunda temporada de "Owarimonogatari" - e a 9ª série de TV da franquia baseada na famosa e estilizada série de novels escrita por Nisio Isin - obteve a primeira posição neste ranking da temporada de verão (e a sexta no ranking geral do próprio MyAnimeList), valendo recordar que ela foi composta por apenas 7 episódios transmitidos entre os dias 12 e 13 de agosto. Sua temporada anterior havia surgido em terceiro lugar no ranking da temporada de outono do ano passado, e apesar de tantos títulos esta foi somente a segunda vez que a franquia "Monogatari" alcançou o topo, tendo sido a primeira lááá no outono de 2013 com "Monogatari Series: Second Season".

Nem tenho muito o que dizer já que parei há anos em "Nisemonogatari" mesmo achando atraente seu estilo visual e narrativo - mas desgostando dos personagens e pedantismo excessivo -, e duvido muito que eu terei tempo num futuro próximo de assistir tudo que se acumulou até aqui, então sigamos em frente.



Pegando a segunda posição quando eu imaginava que seria o primeiro já que tinha me esquecido de um de seus concorrentes, temos o excelente "Made in Abyss" e a dramática aventura de uma garota ao lado de um robô em um abismo cujos perigos aumentam a cada descida. Os jovens heróis de "Boku no Hero Academia 2nd Season" aparecem em terceiro, enquanto "New Game!!" e seu feminino elenco moe produtor de jogos dá as caras numa distante quarta posição com quase um dígito inteiro a menos de diferença na nota. Os fofos e divertidos casais de "Tsurezure Children" fisgaram de raspão o quinto lugar, e fechando o Top 10 temos ainda alunos numa escola com rígido sistema hierárquico ("Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e", 6º), belas moças espiãs usando de sua inteligência, agilidade e corpo para cumprir suas missões ("Princess Principal", 7º), adolescentes enfrentando alienígenas com o poder da música ("Senki Zesshou Symphogear AXZ", 8º), personagens da ficção invadindo e lutando entre si no mundo real ("Re:Creators", 9º) e uma estabanada caçadora de recompensas se aventurando num rico mundo de fantasia ("Shingeki no Bahamut: Virgin Soul", 10º).


Mais inchada do que seria o normal para essa época do ano e tendo como outros destaques - sejam eles positivos ou não - as eletrizantes jogatinas de "Kekegurui" (11º), os saborosos pratos e clientes exóticos do restaurante de "Isekai Shokudou" (16º), a rotina de um jogador de futebol obcecado por limpeza em "Keppeki Danshi! Aoyama-kun" (22º), o drama de jovens impossibilitados de escolher com quem casar - porque isso o governo faz pra você - em "Koi to Uso" (24º), as loucuras da nona temporada da série sobre garotas de um clube de tênis que há anos não praticam esse esporte em "Teekyuu 9" (32º, e cadê a décima temporada que não anunciaram ainda!?), o slice-of-life de uma doce centauro e outras espécies fantásticas em "Centaur no Nayami" (35º) e as desventuras de dois padres investigando milagres no escabroso "Vatican Kiseki Chousakan" (37º), a temporada de verão encerrou 70 animes que, juntos, dariam 11 dias e meio de exibição ininterrupta com seus 1,108 episódios - seriam necessárias 17 horas para assistir os 50 episódios de "Heybot" (46º), uma comédia infantil com piadas muuuito questionáveis e por vezes até grosseiras, ao passo que o experimental "Pikotarou no Lullaby Lullaby" (49º) desperdiçaria somente 9 minutos da sua vida para ver 9 episódios de algo dirigido, roteirizado, ilustrado e dublado pelo faz de tudo Takashi Taniguchi, que aqui "reconta" fábulas famosas usando um senso de humor, digamos, "único". Na chance de não estarem ligando o nome à pessoa, esta é a mesma por trás dos recentes animes protagonizados por um gás flatulento humanoide e outro por uma versão rapper e travessa (queria mesmo ter usado "FDP", mas acho que ficaria pesado...) de certo polêmico presidente... 



De todo modo, segue abaixo o ranking completo do MyAnimeList e, adiante, algumas "premiações" minhas para um e outro anime. Aliás, caso tenha interesse, clique aqui para visitar um post onde Evilasio, Tadashi e eu elaboramos cada qual seu TOP 5 da temporada de verão.


**********


Obs: São listados apenas animes finalizados agora nessa temporada de verão.

Anime (Episódios) (Estúdio) - Nota:


 Owarimonogatari 2nd Season (7) (Shaft) - 9,13








 Made in Abyss (13) (Kinema Citrus) - 8,90








 Boku no Hero Academia 2nd Season (25) (Bones) - 8,82








4º New Game!! (12) (Dogakobo) - 7,97








 Tsurezure Children (12) (Studio Gokumi) - 7,93








 Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e (TV) (12) (Lerche) - 7,92

 Princess Principal (12) (Actas / Studio 3Hz) - 7,76

 Senki Zesshou Symphogear AXZ (13) (Satelight) - 7,71

 Re:Creators (22) (Troyca) - 7,68

10º Shingeki no Bahamut: Virgin Soul (24) (Mappa) - 7,64

11º Kakegurui (12) (Mappa) - 7,63
12º Hitorijime My Hero (12) (Encourage Films) - 7,59
13º Saiyuuki Reload Blast (12) (Platinum Vision) - 7,45
14º Sakura Quest (25) (P.A. Works) - 7,45
15º Aho Girl (12) (Diomedea) - 7,38
16º Isekai Shokudou (12) (Silver Link) - 7,38
17º Gamers! (12) (Pine Jam) - 7,34
18º Knight's & Magic (13) (8bit) - 7,31
19º Sakurada Reset (24) (David Production) - 7,31
20º Nobunaga no Shinobi: Ise Kanegasaki-hen (26) (TMS Entertainment) - 7,08
21º Kyoukai no Rinne (TV) 3rd Season (25) (Brain's Base) - 7,06
22º Keppeki Danshi! Aoyama-kun (12) (Studio Hibari) - 7,01
23º Cardfight!! Vanguard G: Next (52) (OLM) - 6,92
24º Koi to Uso (12) (Lidenfilms) - 6,91
25º Koneko no Chii: Ponponra Daibouken (51) (Marza Animation Planet) - 6,87
26º Nana Maru San Batsu (12) (TMS Entertainment) - 6,87
27º Digimon Universe: Appli Monsters (52) (Toei Animation) - 6,82
28º Katsugeki/Touken Ranbu (13) (ufotable) - 6,80
29º Isekai wa Smartphone to Tomo ni. (12) (Production Reed) - 6,78
30º Tenshi no 3P! (12) (Project No.9) - 6,77
31º Hina Logi: From Luck & Logic (12) (Dogakobo) - 6,69
32º Teekyuu 9 (12) (Milepensee) - 6,69
33º Jigoku Shoujo: Yoi no Togi (6) (Studio Deen) - 6,63
34º Action Heroine Cheer Fruits (12) (Diomedea) - 6,59
35º Centaur no Nayami (12) (Haoliners Animation League) - 6,58
36º Hajimete no Gal (10) (NAZ) - 6,52
37º Vatican Kiseki Chousakan (12) (J.C. Staff) - 6,46
38º Monster Strike 2 (23) (Sanzigen / XFlag) - 6,41
39º 18if (13) (Gonzo) - 6,40
40º Jikan no Shihaisha (13) (Project No.9) - 6,35
41º Konbini Kareshi (12) (Studio Pierrot) - 6,34
42º Dive!! (12) (Zero-G) - 6,17
43º Yami Shibai 5th Season (13) (ILCA) - 6,13
44º Ikemen Sengoku: Toki wo Kakeru ga Koi wa Hajimaranai (12) (TMS Entertainment / Jinnis Animation Studios) - 6,09
45º Monster Sonic! D'Artagnan no Idol Sengen (5) (Lidenfilms) - 5,94
46º Heybot! (50) (Bandai Namco Pictures) - 5,84
47º Battle Girl High School (12) (Silver Link) - 5,84
48º Sin: Nanatsu no Taizai (12) (Artland / TNK) - 5,66
49º Pikotarou no Lullaby Lullaby (TV) (9) (DLE) - 5,53
50º Netsuzou Trap (12) (Creators in Pack) - 5,53
51º Clione no Akari (12) (drop) - 5,45
52º Nora to Oujo to Noraneko Heart (11) (DMM.futureworks / W-Toon Studio) - 5,38
53º Skirt no Naka wa Kedamono Deshita. (12) (Magic Bus) - 5,38
54º The Reflection (12) (Studio Deen) - 5,32
55º Kaito x Ansa (12) (Tengu Kobo) - 5,27
56º Mobile Suit Gundam: Twilight Axis (6) (Sunrise) - 5,08
57º Musekinin Galaxy☆Tylor (12) (Seven) - 4,19

Notas retiradas no dia 12/10.


Fora do ranking (Geralmente séries excluídas por não atingirem o número mínimo (50) de usuários exigido no MyAnimeList para validar suas notas):

## Robber's Company (6) (Studio UGOKI) - Poucos usuários (27) o avaliaram.
## Karadasagashi (10(Studio Khronos) - Poucos usuários (27) o avaliaram.
## Zannen Onna Kanbu Black General-san (10) (?) - Poucos usuários (25) o avaliaram.
## Crayon Shin-chan Gaiden: O-o-o no Shinnosuke (13) (?) - Poucos usuários (14) o avaliaram.
## GJ8man (12) (Studio Hibari) - Poucos usuários (6) o avaliaram.
## Luna-tan: 1-mannen no Himitsu (10) (Signal. MD) - Poucos usuários (5) o avaliaram.
## Dekiru ka na (10) (?) - Poucos usuários (4) o avaliaram.
## Enoshimans (10) (Oddjob) - Poucos usuários (3) o avaliaram.
## Catchy-kun no Nice Catch! (13) (DLE) - Poucos usuários (2) o avaliaram.
## Pittanko! Nekozakana (50) (Studio Comet / TMS Entertainment) - Poucos usuários (2) o avaliaram.
## Inagawa Junji no Sugo: Ku Kowai Hanashi (10) (?) - Poucos usuários (1) o avaliaram.
## Yukai na Animal Bus 2nd Season (12) (TMS Entertainment) - Poucos usuários (0) o avaliaram.
## Turning Mecard W Season 2 (26) (?) - Poucos usuários (0) o avaliaram.


Animes Curtos: Segue abaixo a relação deles:

5º Tsurezure Children (12 min. por episódio)
15º Aho Girl (12 min. por episódio)
20º Nobunaga no Shinobi: Ise Kanegasaki-hen (3 min. por episódio)
25º Koneko no Chii: Ponponra Daibouken (12 min. por episódio)
31º Teekyuu 9 (3 min. por episódio)
38º Monster Strike 2 (10 min. por episódio)
43º Yami Shibai 5th Season (4 min. por episódio)
44º Ikemen Sengoku: Toki wo Kakeru ga Koi wa Hajimaranai (3 min. por episódio)
45º Monster Sonic! D'Artagnan no Idol Sengen (10 min. por episódio)
49º Pikotarou no Lullaby Lullaby (TV) (3 min. por episódio)
50º Netsuzou TRap (9 min. por episódio)
51º Clione no Akari (9 min. por episódio)
52º Nora to Oujo to Noraneko Heart (3 min. por episódio)
53º Skirt no Naka wa Kedamono Deshita. (5 min. por episódio)
55º Kaito x Ansa (7 min. por episódio)
56º Mobile Suit Gundam: Twilight Axis (3 min. por episódio)
57º Musekinin Galaxy☆Tylor (3 min. por episódio)
##º Yukai na Animal Bus 2nd Season (1 min. por episódio)
##º Pittanko! Nekozakana (5 min. por episódio)
##º Inagawa Junji no Sugo: Ku Kowai Hanashi (3 min. por episódio)
##º GJ8man (5 min. por episódio)
##º Enoshimans (3 min. por episódio)
##º Karadasagashi (3 min. por episódio)
##º Dekiru ka na (3 min. por episódio)
##º Crayon Shin-chan Gaiden: O-o-o no Shinnosuke (7 min. por episódio)
##º Robber's Company (5 min. por episódio)
##º Luna-tan: 1-mannen no Himitsu (3 min. por episódio)
##º Zannen Onna Kanbu Black General-san (3 min. por episódio)


Novamente os animes de curta duração tiveram expressiva participação numa temporada, visto que aqui eles corresponderam a 40% (28 de 70) dos títulos finalizados. O motivo para isso é que tanto foram inaugurados novos blocos dedicados a animações desse tipo - a maioria infantis - , quanto também teve início recentemente um novo serviço de streaming para celulares voltado a animes de episódios curtos (o qual quase nenhum conseguirá achar legendado por aí).


Atrasados: Alguns animes listados nesse post (em especial ONAs) foram encerrados ainda no final de julho ou início de agosto, impossibilitando assim que eu os adicionasse a tempo no ranking anterior, o da temporada de primavera - foi o caso de "Monster Sonic! D'Artagnan no Idol Sengen" (45º) encerrado em 19/07, "Zannen Onna Kanbu Black General-san"(##º) em 21/07, "Luna-tan: 1-mannen no Himitsu" (##º) e "Sin: Nanatsu no Taizai" (48º) em 29/07, "Robber's Company" (##º) em 02/08 e o líder "Owarimonogatari 2nd Season" em 13/08.


*****


Alguns destaques rápidos, aleatórios e inúteis com certa (ou muita) parcialidade, considerando apenas os animes finalizados nessa temporada:


1) Anime que mais me empolgou até o penúltimo episódio, mas daí no último foi uma grande porcaria:

O estilizado "Kakegurui", que após 11 episódios divertidos e fiéis ao mangá repletos de apostas com valores insanos feitas entre estudantes riquinhos caricatos ainda mais loucos - em especial a protagonista Yumeko Jabami -, no último tivemos uma insípida e incoerente trama inédita escrita pelo próprio autor da obra original, Homura Kawamoto - o que até é estranho por conta do resultado final, pois o roteiro e inclusive os personagens se mostraram aqui bem inferiores ao que ele mesmo apresentou no papel. Foi uma tentativa falha e besta de fechar cedo na animação algo que no mangá seguiu em frente, mas apesar disso ainda consigo recomendar "Kakegurui" devido ao quão sua ágil narrativa me entreteve antes disso enquanto exibia jovens apostando até suas vidas em meros jogos de carta, por exemplo.





2) Personagem feminina cuja participação da obra original pro anime mais aumentou de relevância sem ela precisar passar pelo teste do sofá com o diretor (2D, né, fica difícil):


A orgulhosa e antissocial Suzune Horikita de "Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e", pois enquanto na light novel o inexpressivo protagonista Kiyotaka Ayanokouji interage com mais de uma garota nos momentos mais cruciais dos primeiros volumes, no anime esses mesmos eventos foram alterados para que Horikita aparecesse no lugar delas, aumentando consideravelmente seu tempo de tela e importância na trama como um todo - é dito que o diretor Seiji Kishi gosta bastante da personagem, o que explicaria esse "privilégio" dado à garota.

Bem, pelo menos ela não teve de fazer nada indecente para conseguir isso...





3) Episódio mais aleatório da temporada:

O sexto episódio de "Nora to Oujo to Noraneko Heart", anime de curta duração que, basicamente, "adapta" a história da visual novel de mesmo nome lançada no ano passado - usei aspas porque a animação sequer se prontifica a explicar muito da história, já nos jogando no que seria a metade dela e mal dizendo o que veio antes (e este nem é o primeiro anime curto a fazer isso, de querer divulgar o material original sem, necessariamente, narrar sua trama de maneira lógica ou fiel).

E de repente o moe sumiu

De qualquer forma, não achei graça na série, porém me foi interessante vê-la parodiar aqui e ali alguns vícios seja da própria mídia de que saiu, seja de animes e mangás em geral. Com muitas piadas nonsense, o ápice disso ocorreu no episódio em questão onde o elenco feminino foi substituído por... Cabras e bodes de verdade, que dialogaram sobre escola, praia e liberdade, já que ao menos para a loirinha protagonista estar na pele desses animais herbívoros lhe foi muito gratificante e libertador. Pois é.


Tolinha, cabras não vão pra escola - a não ser esta, mas deixemos isso quieto...

Clique aqui caso queira visualizar mais algumas imagens desse revolucionário episódio (e não se preocupe que no final dele avisam não ter ocorrido quaisquer maus tratos aos animais, viu).




4) Personagem trap que por ora é o mais chato do ano (ou seja, entre sete ou oito candidatos a isso):


Akira Sonohara de "Nana Maru San Batsu", anime focado em estudantes que são fervorosos jogadores de quiz (pense no programa "Passe ou Repassa"), porém no caso desse garoto ele não possui lá muito interesse em tal atividade, ficando durante o anime mais enchendo a paciência e causando confusão pra todo mundo enquanto participa de certa competição amistosa entre clubes de outras escolas - é um personagem bastante folgado, falso e mala, pra ser direto, que consegue se safar das consequências de seus atos posando de inocente ao mesmo tempo em que abusa de sua aparência efeminada (algo que as fujoshi desse anime a-do-ra-ram). Eu pessoalmente gosto de traps  - se você acompanha o Animecote já há algum tempo isso não é nenhuma revelação -, e não nego que gostei do visual desse, mas separando uma coisa da outra também não posso negar o quão me incomodei com várias de suas aborrecidas atitudes e falas...  






5) Melhor casal:
A delinquente juvenil Ryouko Kaji e o presidente do conselho estudantil Masafumi Akagi de "Tsurezure Children". Não é sempre que se tem um par formado por "garota rebelde" e  "rapaz certinho" - geralmente seria o oposto nos shoujo da vida -, apesar de que aqui os rótulos de ambos não condizem muito com suas reais personalidades e atitudes, uma vez que Akagi sempre é visto atiçando e provocando a Kaji, que mesmo se fazendo de durona possui um lado bem feminino e inocente, caindo frequentemente nas brincadeiras e declarações dele. Curti muito as interações entre os dois, uma mescla de cenas realmente engraçadas com outras bonitinhas e, algo a se destacar, tendo ações que normalmente levaríamos volumes e mais volumes para ver em outros mangás de romance, isso se víssemos algum dia.







6) Outro melhor casal:
Os aventureiros Riko e Regu de "Made in Abyss". Mesmo sendo o único par dentre os citados que não possui algum envolvimento romântico, eu os coloquei em segundo lugar devido ao modo tão afetuoso com a qual eles se relacionam um com o outro, demonstrando não só por palavras, como também por gestos a importância que o parceiro tem para si e o valor que dá na sua companhia, ainda mais considerando a situação na qual a dupla se encontra na trama - que não dá a mínima para as nossas emoções aos coloca-los diante de tantos perigos palpáveis...









7) Mais um melhor casal:

Chiaki Uchimura e Kana Ijima de "Tsurezure Children", amigos de infância muito brincalhões entre si que, de repente, se veem totalmente perdidos quando começam a namorar - namorar pra valer, pois a garota achava que já eram um casal há mais de um ano enquanto, na verdade, tudo não passava de um longo e grotesco mal entendido (sério, um ano inteiro sem achar estranho não haver qualquer conversa ou contato típicos de namorados?)...

Antes amigos bem íntimos por se conhecerem desde criança, mas agora namorados que sofrem para concluir um momento sequer de intimidade mais romântica devido às trapalhadas dos dois ou interrupção de terceiros, este foi um par que me ganhou pela comédia mesmo, pois, azar deles e sorte minha, me foi divertido acompanhar as - muitas delas vergonhosas - tentativas frustradas dessa dupla em conseguir avançar a relação a um nível carnal. Em qualquer momento devem transpor essa barreira, mas até lá prosseguirei vendo esse calvário deles no mangá após o término do anime.




8) E um quarto melhor casal pra encerrarmos o assunto:
Takeru Gouda e Ayaka Kamine de "Tsurezure Children" - ué, não é culpa minha que o anime possui tantos casais, né. Se de um par desta série eu gostei do equilíbrio entre humor e cenas bonitinhas e do outro me inclinei pela comédia, neste aqui fui fisgado só pela "fofurice" mesmo - porque não cheguei a acha-los realmente engraçados, apesar que este foi um dos casais cujo humor teve menor intensidade, para ser franco. Ele jogador do clube vôlei e ela membro do clube de cerimônia do chá, Gouda e Kamine nunca se viram livres de pequenos problemas de comunicação entre si, onde um interpretava mal o que o outro falava ou fazia (se bem que divido a culpa disso em uns 65% para o rapaz e 35% para a garota...), contudo era uma graça ver como tais embaraços se resolviam de maneira tão pura e meiga no final.





9) Não um dos melhores casais, porém certamente o mais incomum:
Shizuka Kominami e Ryou Kirishima de "Skirt no Naka wa Kedamono Deshita.", anime de curta duração baseado num mangá "smut" no qual a protagonista feminina se relaciona... Com um crossdresser bonitão e totalmente héteroObviamente o que importa aqui são as cenas explícitas entre os dois, história é o de menos, contudo um dos trechos mais curiosos é quando Shizuka, que tem medo em se interagir com homens, aceita formalmente (ainda que antes disso já tivessem feito tanta coisa juntos, se é que me entendem) Kirishima como um namorado em potencial - isto é, ela pretende primeiro se acostumar com seu lado masculino antes de decidir ser sua namorada ou não, e enquanto isso a versão feminina dele com peruca, maquiagem pesada e vestido será necessária para que esse processo ocorra aos poucos. 

Okay. Amor pode ser expresso de várias formas, não julguemos (e o anime é ruim, mas por algum motivo, vá saber qual, eu assistia cada episódio assim que o baixava...).





10) Melhor waifu para se casar:

A conservadora e humilde Shiori Shinomiya do morno (beeem morno) "Sakura Quest", mulher que é apaixonada por Manoyama, cidadezinha onde nasceu e para a qual busca, ao lado das demais garotas do anime, aumentar a atratividade e o turismo local. De fala doce e baixa (créditos para Reina Ueda), e às vezes demonstrando um forte sotaque nos momentos em que está mais agitada, Shiori é uma pessoa caseira que faz o estilo "mãezona", sendo ótima nas tarefas domésticas e em alguns momentos servindo como bom apoio para as colegas mais jovens ou coadjuvantes - se alguém me perguntasse "Foi esta a personagem que você mais gostou no anime?" eu sinceramente diria que não, pois neste caso escolheria a quietinha, fofa e um tanto excêntrica Ririko, entretanto Shiori foi com folga quem transmitiu pra mim maior maturidade e traços compatíveis com tal categoria (soou um tanto serious business, mas escolha de waifus é coisa séria mesmo!).

Aliás, até no MyAnimeList ela aparece em segundo no grupo como a mais favoritada pelos usuários, perdendo somente para a líder do anime Yoshino Koharu.






11) E por fim, melhor waifu da qual gostaria de ficar o mais longe possível dela (contraditório, mas dane-se):

A já mencionada brevemente Jabami Yumeko de "Kakegurui"simplesmente porque eu prezo pela minha saúde mental e financeira, e ter como esposa uma apostadora compulsiva que sente prazer quando está numa situação de risco, a ponto de não se importar em perder seus status, fortuna e livre arbítrio, não é boa indicação para nenhum dos dois - se bem que quem fala isso é alguém possuidor de dezenas de waifus em PVC (traps inclusas) que também não foram nada baratas, mas enfim...




Doida.


**********

Meus perfis:

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Estava ansiosa por esse post! Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post como sempre, e a nota sobre a Ueda Reina fazendo a Shiori: essa seiyuu é incrível porque ela consegue ir de um extremo ao outro. Em Puri Para, ela faz a doida varrida Ajimi enquanto em Aikatsu Stars ela faz a Lily, que é até mais serena e calma que a Shiori.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Brigado pelo comentário, Hayato, e quanto a essa dubladora eu estava confirmando aqui e percebi que não vi muitos animes com ela em papéis de maior importância, porém curti sua dublagem como a Naru de "Hanayamata" e também no papel da Mao de "Pokemon Sun & Moon", que é uma personagem bem agitada.

      Excluir
  3. Vou checar esse episódio que você citou de Nora to Oujo to Noraneko Heart,já que eu amo bichinhos fofos!Inclusive cabras,acho elas tão fofas!Mas no geral foi até uma boa temporada,poderia ter sido melhor,mas foi até mediana.Gosto muito da Shiori de Sakura quest também,mas também adoro a Ririko(gosto das duas,não consigo escolher uma!).em Tsurezure children meu casal favorito foi,sem dúvidas Gouda e Kamine,muito fofos!<3

    ResponderExcluir
  4. Escritora bem feliz que os animes que pode assistir estão na lista, exceto "Mahoujin Guru Guru 2017" que deve aparecer na lista seguinte.

    Tirando "Made in Abyss" que ainda estou vendo, os demais já foram finalizados, portanto, minhas considerações e seguindo pela listagem: "Saiyuki Reload BLAST" foi muito bom, é a melhor das temporadas da franquia Saiyuki, atendeu parte das minhas expectativas e espero que possa ser finalizada, porque contexto pra isso já tem de sobra, reencontrar o grupo do Sanzo foi muito incrível; "Koneko no Chi" foi uma graça de acompanhar, a nova leitura das aventuras da Chi e não é remake, porque não conta a história desde o começo, foi o momento fofura que costumamos dar uma olhadinha, traço muito bom em 3D CGI e destaco a participação do Kocchi e dos irmãozinhos da nossa gatinha, dando um toque mais de juntar a turminha e parece que poderá ter 2ª temp, conforme dito no seu último episódio, espero que seja isso mesmo; "Isekai wa Smartphone no Tomo Ni" foi razoável e deu uma melhorada a partir do 3ª episódio, pode não ter sido o melhor anime de todos, mas, compensou em ser direto ao ponto e causar umas surpresas e tanto nos dois últimos episódios, quanto ao harém.

    E quanto a demanda de animes curtinhos, não é muito surpresa, se não dá pra fazer animes com a duração normal por diversos motivos, faça desta forma e dá pra encontrar algo bom no meio. Só tomem cuidado quanto a roteiro, porque é uma faca de dois gumes, pode sair algo bom ou ruim.

    ResponderExcluir

Copyright © 2016 Animecote , Todos os direitos reservados.
Design por INS